Técnico em Informática pode ser MEI?


O registro como Microempreendedor Individual (MEI) é uma excelente forma de iniciar o seu negócio próprio como Técnico em Informática, trabalhando com manutenção de computadores, notebooks e suporte de TI em geral.

Eu consigo notar com certa frequência nos fóruns de informática, que muitos profissionais iniciantes possuem dúvidas com relação ao MEI e a profissão de Técnico em Informática, principalmente relacionadas as atividades permitidas.

Técnico em Informática pode sim ser registrado como MEI. Com ajuda do meu escritório de contabilidade, a Hope Contábil, elaborei esse artigo para sanar todas as possíveis dúvidas e um resumo das atividades permitidas, descrição e código de atividade econômica (CNAE).

MEI – Principais vantagens e desvantagens

Como um Técnico em Informática que deseja atender bons clientes, o que inclui micro e pequenas empresas,  você precisa saber que a grande maioria delas exige que você emita um documento fiscal para te contratar e consequentemente fazer o pagamento devido.

Se você não possuir registro, enfrentará problemas para ser contratado, e mesmo quando for, será obrigado a receber via RPA (Recibo de Pagamento a Autônomo), que desconta um percentual muito alto do pagamento.

Como MEI, você passar a ter o seu CNPJ, e junto com um certificado digital, você começa a emitir notas fiscais eletrônicas diretamente no site da prefeitura sua cidade, pagando um valor fixo de imposto por mês.

Além disso, você vai conseguir se cadastrar como revenda em distribuidoras de informática, para agregar alguma margem de lucro no fornecimento dessas peças para o seu cliente. Essas são as maiores vantagens do MEI para um Técnico em Informática.

Como desvantagens, você tem um limite de faturamento anual de R$ 81.000,00, dependendo da quantidade de clientes que você possui, isso pode ser um problema. Além de só conseguir registrar um único funcionário.

Se a ideia for montar uma assistência técnica, você pode até começar como MEI, mas assim que atingir o limite de faturamento ou precisar contratar mais pessoas, terá de migrar para ME (Micro Empresa).

O valor atual para prestadores de serviços é de R$ 54,90. Já inclui o imposto mensal e a contribuição para o INSS (sobre um salário mínimo).

Você não precisa obrigatoriamente de um contador ou escritório de contabilidade para fazer o seu registro como MEI.

Tudo é feito de forma simples através do Portal do Empreendedor, no link: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/.

Atividades do MEI para Técnicos em Informática

Para facilitar o seu trabalho, eu reuni todas as atividades que você pode realizar como Técnico em Informática no MEI, que inclui prestação de serviços de reparos, revenda de equipamentos, redes e até mesmo instrutor, confira:

  • Ocupação: Instalador de redes de computadores independente – Descrição: Outras atividades de telecomunicações não especificadas anteriormente – CNAE: 6190-6/99
  • Ocupação: Técnico de manutenção de computadores independente – Descrição: Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos – CNAE: 9511-8/00
  • Ocupação: Comerciante de equipamentos e suprimentos de informática independente – Descrição: Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática – CNAE: 4751-2/01
  • Ocupação: Instrutor de informática independente – Descrição: Treinamento em informática – CNAE: 8599-6/03

Nome sujo pode atrapalhar?

No blog da Hope Contábil, foi abordado o assunto de forma mais completa, com o artigo “Posso abrir empresa com nome sujo?”, o que inclui o MEI. Mas de forma resumida, ter alguma restrição no seu nome nos órgãos de proteção ao crédito (SPC/Serasa), não impede o registro como MEI.

Em compensação, você pode ter problemas na hora de se cadastrar como revenda nos distribuidores e abrir contas como pessoa jurídica em bancos. O Banco Inter por exemplo, oferece até 100 boletos gratuitos mensais na conta para quem é MEI.

Se possui alguma restrição, o ideal é que você consiga o mais rápido possível regularizar a situação. Siga as instruções do guia no site do Oportunidades Profissionais que ensina a limpar o nome pagando o mínimo possível.

Assim você consegue administrar o seu negócio da melhor maneira, diminuindo os seus custos e aumentos as margens de lucro. Isso sem contar o acesso ao crédito, que pode ajudar muito para fluxo de caixa e investimentos no negócio.

Dúvidas sobre o registro do Técnico em Informática como MEI? Você pode entrar em contato com a Hope Contábil através do e-mail contato@hopecontabil.com ou deixar um comentário. Considere compartilhar esse artigo nas suas redes sociais preferidas, utilizando os botões logo abaixo.

Técnico em Informática pode ser MEI


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima