Dicas para gerenciar uma carreira de programador

A grande maioria dos programadores faz a criação de softwares e sites atendendo diversos setores do mercado. 

Conhecido como desenvolvedor, essa profissão precisa ter conhecimento e escrever códigos realizando comandos no computador, celular ou aplicativo. Com isso, eles são traduzidos para uma linguagem que geram o fluxo de funcionamento, atrelado à necessidade do programa ou público. 

Mas como gerenciar carreira como programador?

Dicas para gerenciar uma carreira de programador

Responsabilidades de um programador

Na programação, o foco principal está na transformação desses códigos dentro de um sistema que faça com que as pessoas possam usar conforme suas necessidades. 

Nesse processo, é preciso levar em conta a experiência do usuário, para que o programa ou aplicativo, por exemplo, tenha uma navegação o mais fácil possível com o público. 

Diante disso, algumas habilidades são necessárias, como a comunicação e debate de ideias com pessoas para entendimento claro dessas necessidades, para criação de algo de maneira digital. 

Raciocínio lógico e pensamento de causa e efeito também são fundamentais na carreira de programador para entender as variáveis e achar soluções para um problema real dos clientes. 

E afinal, quais segmentos que um programador pode atuar? 

Com o digital cada vez mais em alta, a carreira de programador vem ganhando mais espaço e empresas de diversos setores têm buscado profissionais. 

Alguns segmentos que mais buscam são:

  • Hospitalar;
  • Industrial;
  • Comercial;
  • RH;
  • Financeiro;
  • Tecnologia;
  • Comunicação;
  • Marketing Digital;
  • Segurança digital.

O programador pode ter CNPJ?

Sim, programador pode ter CNPJ e gerir sua carreira atendendo diversas empresas ou serviços, criando assim:

  • Flexibilidade de horários;
  • Trabalhar para diversas empresas ao mesmo tempo;
  • Melhor remuneração.

Tipos de empresas para programador

Existe MEI para programador? Por ser considerada intelectual, a atividade de programador não é permitida para MEI, ou seja, microempreendedor. 

A solução é que o programador seja optante do Simples Nacional, mas com uma tributação reduzida, que um contador pode orientar a melhor forma de realizar isso. 

Outras opções também são o EI (Empresário Individual) e EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) que não é possível ter sócios nesses tipos de empresa. 

Como programador, a criação de uma Sociedade Limitada Unipessoal (SLU) também é uma opção indicada como natureza jurídica na carreira. 

Ao abrir empresa, é preciso avaliar essas opções com um atendimento contábil, para ter um CNPJ de forma que a carreira possa se desenvolver com os processos de forma correta e de acordo com as normas governamentais.

Para ter um CNPJ como programador, o que é preciso fazer?

Para abrir uma empresa e ter o CNPJ como programador, é preciso antes de tudo avaliar um serviço de contabilidade, analisar deslocamentos desse processo e evitar erros com os documentos, e nestes você pode contar com a Contabilizei.

Com a contabilidade escolhida, é preciso preencher um formulário na prefeitura da sua cidade para conseguir a inscrição estadual, como também protocolar alguns documentos na Junta Comercial do Estado e na prefeitura. 

Para ter um CNPJ como programador, siga esses passos: 

  • Crie um modelo de negócios e escolha um nome para sua empresa;
  • Avalie e contrate uma empresa de contabilidade;
  • Selecione as atividades (CNAE) que serão realizadas no seu negócio;
  • Defina o regime tributário: Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real;
  • Organize todos os documentos para registro na Junta Comercial;
  • Solicite o alvará de localização e funcionamento da empresa;
  • Solicite a Inscrição Municipal para realizar seus serviços. 

E eu preciso de um contador, na carreira de programador? 

O MEI é o único formato de empresa que tem a dispensa de ter um contador no negócio. Todas as demais são obrigadas a ter um contador, segundo a  Lei Federal 10.406/2002, art. 1.179.

Sua empresa precisará elaborar relatórios que demonstrem as informações financeiras e fiscais, sendo elas fundamentais para a gestão da sua empresa. Um contador é o mais indicado para realizar esses procedimentos, alinhado com todas as exigências legais do governo.  

Leia também: Técnico em Informática pode ser MEI? Entenda!

Dicas para gerenciar a carreira como programador

Na carreira de programador, o uso da tecnologia é imprescindível e ao mesmo tempo é fundamental que compreenda a linguagem se atentando às mudanças e inovações que aparecem no mercado. 

Veja dicas para gerenciar a carreira de programador: 

Estudar linguagens

Além de estudar as linguagens, é possível conhecer bem esse universo e estar sempre atualizado.

Nesse sentido, é fundamental ter foco na organização, classificação e abstração das coisas, conhecendo e estudando as atualizações das linguagens em programação. Esse é o primeiro passo para ter sucesso na carreira de programador. 

Gestão e otimização 

Para escrever um código é preciso compreender quais são os objetivos do projeto, melhores plataformas para serem utilizadas, quais os processos para criação e uso, visando o público final que irá utilizar a criação.

Dessa forma, ter a gestão do negócio e saber otimizar procedimentos da área de tecnologia, se atualizando constantemente, é ideal para concentrar a criação na melhor experiência possível do usuário. 

Comunicação

Um grande desafio para diversos profissionais está na comunicação. Mas a falta de clareza e entendimento de um projeto pode fazer com que a criação precise ser refeita e com isso, impactar no atendimento de novas empresas que possam surgir. 

Por isso, é indicado criar protótipos e apresentar para que o projeto possa ser testado e melhorado antes da finalização da criação, seja um software, um site ou aplicativo. O foco central sempre deve estar na necessidade que esses produtos irão sanar com o público-alvo. 

Empatia

A empatia está baseada na compreensão de algo vivenciado por alguém ou como essa pessoa irá se sentir caso use determinado produto, por exemplo. Na carreira de programador, ela se faz importante para ter uma visão o mais clara possível dessas necessidades do cliente e principalmente do usuário. 

Criatividade

Ter criatividade é sair da caixinha do comum e testar algo novo. Na programação, é transformar o conhecimento técnico de forma que as soluções considerem a experiência do usuário de forma o mais dinâmica possível. 

Resolução de problemas

Criar um novo software ou aplicativo é muito mais do que resolver um problema, é aplicar os conhecimentos de forma técnica mas ao mesmo tempo criativa para que as necessidades sejam atendidas e superadas. 

É possível gerenciar a carreira e contar com uma contabilidade como programador?

Sim, o mercado de tecnologia vem crescendo cada vez mais e ser um programador PJ é uma alternativa para quem busca se desenvolver na carreira com autonomia e até mesmo montar uma empresa conforme o crescimento de demandas e projetos.

E como vimos até aqui, na carreira de programador não é possível abrir empresa como MEI, sendo indicado se adequar ao Simples Nacional e contar com uma contabilidade para direcionar formas de pagar menos impostos, recolher tributos e benefícios extras desse regime com efetividade. Por isso, conte com especialistas para facilitar a gestão da sua carreira e negócio. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima